Casal é suspeito de incendiar casa com filhas dentro durante briga, em Goiânia

Postado quinta feira 13/02 postado por lenil de Oliveira

Pai e uma das filhas ficaram gravemente feridos e estão internados na UTI de hospital. Polícia tenta identificar qual dos dois iniciou o fogo.

Um casal está sendo investigado por incendiar a casa com as filhas dentro durante uma briga, no Bairro Capuava, em Goiânia. A polícia tenta identificar quem iniciou o fogo. As crianças, de 1 e 2 anos, dormiam quando as chamas começaram. Uma delas teve 95% do corpo queimado. O pai também ficou gravemente ferido e está internado no hospital.

O casal teve uma briga durante a madrugada de domingo (9). O motivo seria o fato de o homem ter chegado tarde em casa.

“A esposa confessou que pegou gasolina e jogou nas roupas do marido, mas que não colocou fogo. Na versão dela, foi o homem que, durante a briga, ligou o fogão e colocou fogo. Ainda não conseguimos ouvir a versão dele, porque ele está intubado na UTI. Por isso, inicialmente, os dois são investigados pelo incêndio”, disse a delegada Caroline Braga.

Vizinhos contaram à policia que acordaram já com os gritos da família pedindo ajuda, todos feridos pelo incêndio. Eles viram o homem sair carregando uma das filhas e, ao voltar para tentar socorrer a segunda, a esposa já tinha saído com ela no colo.

Todos foram levados para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira. O G1 entrou em contato com a unidade para saber o estado de saúde deles, mas ainda não obteve retorno até a última atualização dessa reportagem. Segundo a Polícia Civil, o pai e a filha de 2 anos ainda estão internados. A menina de 1 anos e a mãe já receberam alta.

Como não houve flagrante, ninguém foi preso até a tarde desta quinta-feira (13). O caso foi registrado como tentativa de homicídio.

Informações em tempo real notícias atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.