Motorista deixa ônibus ligado, é atropelado e morre em Vila Velha, ES

Postado sábado dia 07/03 por lenil de Oliveira

Veículo começou a andar sozinho e, ao tentar pará-lo, motorista foi atingido. Segundo a família, José Custódio, de 68 anos, era um profissional premiado.

Um motorista de ônibus, de 68 anos, morreu após ser atropelado, na madrugada deste sábado (7), em Vila Velha, no Espírito Santo. Segundo testemunhas, José Custódio foi atingido pelo próprio veículo, que começou a andar sozinho, quando ele se preparava para seguir viagem.

Familiares contaram que o motorista ligou o ônibus de turismo, por volta das 4h, e saiu do veículo. Logo em seguida, percebeu que o ônibus começou a andar. Ao tentar parar o veículo para evitar uma tragédia, ele foi atingido.

“Ele ia fazer uma excursão para Cachoeiro de Itapemirim com a empresa que ele estava trabalhando. Ligou o caminhão, botou os freios para encher o tambor de ar e começou a fazer o check list. Não sei por qual motivo, o ônibus começou a descer”, explicou a sobrinha Camila Custódio.

O ônibus só parou depois de bater em uma árvore. Ainda de acordo com testemunhas, o freio de mão não estava acionado. A suspeita é de que o motorista tenha esquecido puxar a manete ao ligar o veículo.

A frente do ônibus ficou destruída depois de bater na árvore. Os bombeiros precisaram serrar os galhos para que o veículo pudesse ser retirado

O corpo da vítima fatal foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser liberado pelos familiares e para ser feito o exame cadavérico.

Motorista foi premiado na carreira

Camila contou que José trabalhou a vida toda como motorista e já tinha aposentado, mas continuava na área. Ele ganhou várias premiações como motorista ao longo da carreira.

“Era um profissional maravilhoso, recebeu vários condecorações, tem certificados. Ele sempre gostou de dirigir. O sonho dele era ser motorista de ônibus. Nunca ouvi falar que meu tio tivesse um acidente no trabalho dele”, disse.

Informações em tempo real notícias do atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.