Pai é preso suspeito de deixar quatro filhos, de 9 meses a 4 anos, sozinhos, em Goiânia

Postado segunda feira 16/02 por lenil de Oliveira

Polícia Militar encontrou três das crianças correndo em uma rua no Parque Amazônia. Ao levar os menores em casa, encontraram a bebê sozinha e chorando.

Um homem foi preso suspeito de deixar os quatro filhos, com idades entre 9 meses e 4 anos, sozinhos em casa para ir ao supermercado, em Goiânia. A Polícia Militar disse que, durante uma ronda, encontrou três das crianças correndo em uma rua no Parque Amazônia. Ao levar os menores em casa, encontraram a bebê sozinha e chorando.

O pai, que não quis se identificar, disse que não sabia do perigo em deixar os menores sozinhos. Ele disse ainda que a mãe dos filhos é usuária de drogas e não fica na residência. Duas das crianças tem 4 anos de idade; uma tem 3; e outra tem 9 meses.

“Eu fui comprar uns ‘trem’ (sic) para fazer almoço para elas [crianças]. Ai, elas ficaram uns minutinhos sozinhas, por isso que foram para rua”, disse o pai.

Segundo o soldado da PM Felipe Miguel, após ficarem sozinhas em casa, três das crianças foram para a rua, onde foram encontradas pelos policiais.

“Era uma avenida movimentada. Tem um risco de atropelamento. A gente chamou na casa e não tinha ninguém. Então a gente ouviu o choro de uma criança pequena. A gente entrou e, na residência, vimos que tinha uma criança menor de um ano chorando e sozinha”, disse.

O Conselho Tutelar está acompanhando o caso e disse que crianças foram levadas para casa de um familiar. De acordo com a conselheira Oneide Gomes, a casa onde eles moravam também oferecia riscos aos menores que seguem em cuidados de uma tia.

“As crianças estão com uma tia. O Conselho Tutelar vai dar suporte para ela. Nós tivemos a informação de que essas crianças estavam à mercê correndo na rua em meio a veículos. A casa estava uma bagunça. As crianças tinham contato com faca. Elas estavam correndo com faca de mesa nas mãos”, disse a conselheira.

O Conselho Tutelar informou ainda que uma tia já cuida de duas crianças e que agora, com o acontecimento, está responsável por seis. Com isto, o órgão vai matricular as meninas em um Centro de Educação Infantil Municipal, na capital, nos próximos dias.

O responsável pelas crianças foi levado para a Central de Flagrantes e deve responder por abandono de incapaz.

Informações em tempo real notícias atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.