Reclamações de festas em residências caem mais de 82% no final de semana

Atuizado segunda feira dia 25/05 por lenil de Oliveira

A Secretaria de Ação Urbana registrou uma redução de mais de 82% de reclamações contra festas e som alto em residências durante o final de semana. A queda acontece após o decreto do prefeito Paulo do Vale estipulando multa de R$ 3 mil para este tipo de ocorrência, podendo chegar a R$ 10 mil em caso de reincidência.

Ao todo, o departamento de Fiscalização de Posturas recebeu 109 reclamações no sábado e domingo, sendo 46 delas relacionadas à perturbação do sossego. A maioria dos episódios foi de casos de duas ou três pessoas reunidas, em que não havia som alto, e que foram resolvidos com orientação dos fiscais.

Em 12 casos, no entanto, as denúncias de perturbação exigiram uma postura mais rigorosa dos fiscais e aplicação das multas. Os infratores tiveram os aparelhos de som apreendidos, conforme previsto no Código de Posturas.Eles têm um prazo de 10 dias para o pagamento da multa. Depois disso, podem ser inscritos na dívida ativa.

O secretário de Ação Urbana, Luiz Carlos Pasquim, parabenizou a população pela queda drástica nos números. “O rio-verdense entendeu a importância de evitar festinhas neste momento e colaborou bastante.” Ele informou que as equipes de fiscalização continuarão trabalhando diuturnamente com empenho máximo

informaçõe da secretaria de são urbana informou notícias atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.