Tio agride sobrinha com soco após chegar bêbado em casa em rio verde go

Postado 27/01 segunda feira por lenil de Oliveira


A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) foi acionada, neste sábado (25/1), para atender uma ocorrência onde um tio agrediu a sobrinha com um soco após chegar bêbado em casa, em Rio Verde.
Conforme informações da vítima, a casa onde aconteceu a agressão é da sua mãe e o homem também mora no local. Ela relatou que, por volta de 23:40 deste sábado (25/1), o homem chegou embriagado e começou a chutar a porta do quarto de sua avó.
A vítima estava dormindo em outro quarto com seus irmãos, que levantaram e tentaram impedir o agressor de entrar onde a avó estava.
Diante disso, o homem desferiu um soco no rosto da sobrinha, além de empurrá-la. Os familiares então correram e se esconderam em outro cômodo da casa, mas o agressor foi atrás e deu vários chutes na porta para tentar entrar, momento que a PM foi acionada.
A vítima ainda relatou que o tio está desempregado e a avó está sustentando ele. Entretanto, ele agride os familiares verbalmente quando não tem dinheiro para comprar bebida alcoólica.
A equipe então conduziu todos os envolvidos para a delegacia para as devidas providências.
Além do tio que agrediu a sobrinha com soco após chegar bêbado em casa, um homem bateu na esposa que tentou levar filho doente ao médico, em Rio Verde
Uma mulher foi agredida pelo marido no último dia 29 de outubro ao tentar levar o filho doente ao médico, no Bairro Dom Miguel, em Rio Verde.
A vítima disse que estava sendo perseguida por seu marido, que ficou furioso quando a mulher foi levar o filho ao posto de saúde. Ele tentou agredir a criança, mas a mãe entrou na frente e acabou sendo atingida.
Conforme informações da Polícia Militar de Rio Verde, ele ainda teria ameaçado a mulher dizendo que ia furá-la com espetos e a acusado de roubar o filho.
Diante dos fatos, as equipes começaram as diligências para encontrar o suspeito, que logo foi localizado em um rua atrás do posto de saúde. Ele então foi encaminhado para a delegacia para os procedimentos cabíveis.
Fonte: Dia Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.